Sementes de milho para plantio: 6 dicas para comprar de forma segura

02/11/2018 21:41

Por José Pinsetta

Engenheiro Agrônomo

Semente Milho TratadoO milho é uma das principais culturas plantadas no Brasil e a nível mundial. É uma cultura de grande importância para a alimentação animal, alimentação humana e produção de biocombustíveis (como o etanol). Ou seja, o milho é muito versátil quanto às possibilidades de uso.

Além disso, o milho pode ser produzido em sistemas mais tecnificados, em grandes fazendas, como também na agricultura familiar, usando pouca tecnologia. Cada tipo de produtor pode adequar o plantio da cultura às suas condições. Porém um fator que não pode ser deixado de lado, independente do seu nível de tecnificação é a escolha das sementes de milho.

Por este motivo, selecionamos 6 dicas para que você compre sementes de milho de forma segura, potencializando a sua produção.

Preço: não compre sementes de milho pensando apenas no preço!

No momento da compra temos a tendência de querer comprar a semente mais barata para reduzir nosso custo de produção. Porém, nem sempre a semente mais barata é a melhor. Devemos levar em conta a qualidade da semente em relação ao seu preço. Mas quais fatores determinam a qualidade da semente?

  • Porcentagem de germinação de sementes de milho (%): indica a quantidade de sementes que vão germinar em condições ideais de plantio. Se na embalagem das sementes indicar 90% de germinação, isto significa que de cada 100 sementes, 90 delas vão germinar. Ou seja, as outras 10 sementes não são viáveis. Portanto, quanto mais alta a porcentagem de germinação, melhor.
  • Grau de pureza (%): a pureza das sementes indica a presença de materiais estranhos dentro da embalagem. Esse tipo de material pode ser restos de material vegetal, palha, entre outros, ou seja tudo aquilo que não é semente de milho. Um grau de pureza de 98%, por exemplo, indica que de cada 100 gramas de sementes daquela embalagem, 98 gramas são de sementes de milho e 2 gramas de materiais estranhos, porém não prejudiciais. Assim, quanto maior o grau de pureza, melhor.
  • Vigor das sementes: é muito importante o vigor, pois este indica se as sementes vão germinar de forma rápida, com plântulas fortes e que vão se estabelecer de maneira uniforme. Plantas vigorosas vão ser mais resistentes às adversidades ambientais, como seca, baixa fertilidade do solo entre outras.
  • Viabilidade: a viabilidade é a porcentagem de sementes vivas capazes de germinar. Isto significa que nem todas as sementes viáveis vão germinar porém serve de indicativo para escolher um lote em relação ao outro.
  • Sanidade da semente: é um fator que indica a ausência de pragas e doenças na semente. Sementes beneficiadas em condições inadequadas podem apresentar fungos, bactérias e pragas que podem impedir a sua germinação quando em contato com o solo.

Na Galpão Centro-Oeste você encontra várias opções de sementes de milho, todas fiscalizadas e de qualidade certificada. Veja mais em Sementes de Milho!

Compre sementes certificadas: fuja das sementes piratas!

Para se obter sementes de qualidade e com boas condições sanitárias, é preciso que a mesma seja produzida dentro de padrões já estabelecidos pela legislação brasileira. Estes padrões garantem que o produtor adquira sementes sadias, livres de pragas e doenças e que sejam de fato do cultivar, variedade ou híbrido que o produtor deseja adquirir. Se tem a certeza de que as sementes a serem adquiridas são certificadas através do certificado de análise das sementes, a qual deve acompanhar a nota fiscal e o produto adquirido.

Fique atento ao certificado de análise de sementes.

Este certificado é muito importante pois indica que as sementes foram produzidas por empresas idôneas. As empresas que emitem este laudo de análise precisam estar cadastradas junto ao MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) e, para isso, precisam atender uma série de exigências como: receber assistência de um responsável técnico devidamente registrado no Ministério da Agricultura com RENASEM vigente, trabalhar com sementes de origem comprovada, as sementes a serem comercializadas devem ser submetidas a análises em laboratórios fiscalizados pelo MAPA, entre outras tantas exigências que tem por objetivo garantir que o produtor compre suas sementes de milho de forma segura.

Faça o teste de germinação

Antes do plantio da área total, é recomendado retirar uma amostra das sementes compradas e fazer um teste de germinação para verificar se está de acordo com o informado pela empresa produtora.

Este teste pode ser feito em laboratórios particulares ou mesmo na propriedade rural.

Basta semear 100 sementes em um canteiro ou bandeja com areia, manter úmido e contar o número de plantas que emergem do solo depois de 5-6 dias, tempo médio para germinação.

Caso a % de germinação for diferente da informada na embalagem, o produtor tem o direito de reclamar com a empresa produtora.

Ano safra e armazenamento

As sementes tendem a perder o seu potencial germinativo ao longo do tempo, por isso é importante que sejam armazenadas em condições adequadas de temperatura e umidade. Isso garante que elas preservem suas características de qualidade por mais tempo.

O produtor deve estar atento também a compra de sementes de safras antigas (muito velhas). Em geral, elas apresentam um valor de mercado mais baixo, mas a qualidade pode estar comprometida devido ao longo tempo de armazenamento.

Cuidados com o transporte e armazenamento das sementes adquiridas

Atenção especial deve ser dada para o transporte das sementes. O veículo de transporte deve ser limpo, com o assoalho liso para evitar que ocorram rasgos na embalagem. Isto deve ser feito para evitar que a sacaria seja perfurada, pois pode ocorrer a contaminação das sementes por pragas e doenças, levando à perda da qualidade. No transporte e armazenamento também deve ser mantido em boas condições de temperatura e umidade para não prejudicar a viabilidade das sementes de milho.

Conclusão

Portanto, o produtor deve estar atento para a compra de sementes, pois é um dos principais insumos e que vai influenciar diretamente o sucesso da produção de milho. Uma semente de qualidade vai determinar o potencial de produção da lavoura.

A principal dica é não levar somente o preço em consideração. Além do preço, outros fatores que foram descritos neste texto devem ser analisados.

Seguindo estas 6 dicas para comprar sementes de milho de forma segura, você terá mais chances de ter sucesso na sua lavoura!